terça-feira, 31 de maio de 2016

A FESTA DA POESIA

“É urgente o amor”
No passado dia 24 de maio, realizou-se a festa da poesia, organizada pelas turmas de Literatura Portuguesa.
Para além da presença de todos os alunos da disciplina do 10º e do 11º, o evento contou ainda com a presença ilustre da Direção, dos professores de Português e dos diretores das turmas envolvidas, bem como de outros convidados, que encheram o auditório.
A festa foi organizada tendo como base um friso cronológico invertido, ou seja, os alunos começaram por dizer poemas mais recentes, do séc. XX, até às origens da poesia trovadoresca do séc. XII.
A festa teve então início com um vídeo de fotografias de toda a jornada das turmas durante o ano letivo, desde trabalhos, visitas de estudo, portefólios, momentos de lazer… de seguida, ouviu-se uma interpretação musical em saxofone e passou-se à apresentação dos poemas. Muitos alunos disseram os seus poemas favoritos, tendo a total atenção e silêncio do público. As palavras de Camões, Bocage, Garrett, A. Aleixo, Gedeão, Sophia, Alexandre O’Neill… foram pronunciadas de forma irrepreensível, tornando toda a festa agradável e encantadora.
Destaque-se o empenho notável das equipas organizadoras dos cartazes, dos programas, dos convites, dos filmes e fotografia, da decoração das mesas, dos origamis feitos para dar cor aos espaços comuns, etc. O evento terminou de forma digna, com um lanche farto e extremamente bem preparado para adoçar ainda mais a poesia.

Texto de Ana Paula Alves (Clube de Jornalismo)




Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação do momento

LEITURAS PARA FÉRIAS