quinta-feira, 8 de março de 2018

MULHER

Hoje é o Dia Internacional de todas as Mulheres. Lembrar Sophia. Lembrar Maria Teresa Horta. Lembrar Cecília Meireles. E tantas. Tantas que tudo fizeram para que o mundo seja hoje um lugar melhor.

Voamos

Voamos a lua,
menstruadas

Os homens gritam:
- são as bruxas

As mulheres pensam:
- são os anjos

As crianças dizem:
- são as fadas

                                          Maria Teresa Horta, in Os Anjos

Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida a minha face?

                                         Cecília Meireles, in Antologia Poética


O mar dos meus olhos

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
Não pela cor
Mas pela vastidão da alma

E trazem a poesia nos dedos e nos sorrisos
Ficam para além do tempo
Como se a maré nunca as levasse
Da praia onde foram felizes

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
pela grandeza da imensidão da alma
pelo infinito modo como abarcam as coisas e os homens...
Há mulheres que são maré em noites de tardes...
e calma

                                       Sophia de Mello Breyner Andresen, in Obra Poética

1 comentário:

Publicação do momento

LEITURAS PARA FÉRIAS