sexta-feira, 4 de maio de 2018

Coastwatch Europe

 E retomou-se a tradição no dia 30 de abril… 
Após alguns anos de ausência, a escola Cristina Torres voltou a participar no projeto Coastwatch Europe, em que foi uma das pioneiras. Este projeto europeu foi criado em 1989, na Irlanda, com o objetivo de fazer a monitorização ambiental do litoral, reunindo informações sobre a biodiversidade, a poluição e as principais ameaças da zona costeira. Envolve perto de três dezenas de países europeus. 
Os protagonistas, desta vez, foram os alunos do 11.ºC e do 12.ºE. O local do crime, os 5km de praia, desde o braço norte do quebra-mar até ao cabo Mondego. 
Chegados à praia por volta das 9 horas, procedeu-se ao desembarque, de norte para sul, dos grupos previamente formados, cada qual com o seu coordenador. 




Depois, foi pôr mãos à obra e, ao longo de mais de duas horas, ir observando minuciosamente as unidades litorais de 500m atribuídas. De caneta em riste e questionário na mão, foram sendo feitos os registos solicitados: identificação de espécies, quantificações, distâncias, tamanhos, resíduos, animais, plantas, algas… ufa!! Um sem número de dados que lá foram sendo inseridos nos campos respetivos. E, claro, fotografias do trabalho feito, para acompanhar os números. 
A chuva?! Sim, tentou meter-nos medo. Ameaçou com uns borrifos, ainda assustou alguns, mas não foi mais além. 
E, afinal, como estava a nossa praia? Digamos que não estava famosa, mas já a vimos pior. Os plásticos são a maior ameaça. Enquanto se aguardam as grandes soluções, temos de ir ajudando com pequenas ações do nosso quotidiano que, todas somadas, também fazem a diferença. Esta foi apenas mais uma. 


Esta atividade integra o tema Mar, do plano de ação do programa Eco-Escolas do corrente ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário