sexta-feira, 5 de julho de 2019

Sessão de sensibilização - “História da Cultura Cigana”

No passado dia 4 de junho, juntaram-se na Escola E.B. 2, 3 Pintor Mário Augusto técnicos de diversas áreas para conhecer e identificar as especificidades culturais dos portugueses ciganos bem como as suas semelhanças com as tradições portuguesas de outrora.











quarta-feira, 26 de junho de 2019

Tomada de posse dos elementos da Direção do Agrupamento de Escolas Figueira Norte

Em reunião geral, na tarde de 26 de junho, o Diretor do AEFN, Maomede Cabrá, empossou a nova Direção do Agrupamento: Alcina Almeida - Sub-Diretora, Pedro Miguel Jorge, Ana Rita Inês e Fernanda Lorigo - Adjuntos. Fernanda Seabra, Maria Manuel Cabete e Ana Luísa Ferreira - Assessoras. 

Começando por agradecer o voto de confiança do Conselho Geral na sua recondução, o Diretor salientou as obras realizadas e o investimento em equipamentos que muito contribuíram para a melhoria das condições de trabalho e do sucesso dos alunos. O agradecimento à Sub-Diretora que agora cessa funções, alargou-se aos anteriores Coordenadores de Estabelecimento da Escola Pintor Mário Augusto, aos professores bibliotecários, a todo o pessoal docente e não docente, pois todos contribuíram para a concretização dos objetivos estabelecidos no início do quadriénio. 

Relativamente ao futuro, nas palavras do Diretor, novos desafios se apresentam, como a flexibilidade curricular ou a nova lei da inclusão escolar. Sob o lema “Construindo o futuro, olhando o presente”, pretende-se dar continuidade ao investimento no sucesso dos alunos e nas boas relações com a comunidade. 

Entre outros, estiveram presentes na cerimónia como convidados o Vice-Presidente da Associação de Estudantes, Gonçalo Margato, o Diretor do Agrupamento de Escolas da Zona Urbana, José Castanho, e os Agentes Principais Luís Marques e Sérgio Martinho, afetos ao Programa Escola Segura, da Divisão Policial da Figueira da Foz.
DB, 28.06.19

domingo, 23 de junho de 2019

Tomada de posse

No passado dia 19 de junho, o professor Maomede Muagi Cabrá tomou posse, perante os elementos do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Figueira Norte, como Diretor do AE Figueira Norte, para o quadriénio 2019-2023. 

A 29 de maio, fora votada a recondução do Diretor, também em sede de Conselho Geral. 

A cerimónia ficou marcada pelas intervenções do presidente do Conselho Geral, professor João Plácido, que se referiu aos desafios do mandato de Diretor, e do professor Maomede Cabrá, que agradeceu o voto de confiança. 

Gonçalo Margato, 
Clube de Jornalismo

Um Kamishibai em papel


As sessões de promoção de leitura da “Oficina de Leitura – Hora do Conto”, dinamizadas pela Biblioteca Escolar da Escola PMA, foram inspiradoras para os nossos alunos.

Numa visita à Escola EB1 de Vigários a professora bibliotecária recebeu com carinho uma oferta especial: um Kamishibai em papel, feito por uma aluna.

As leituras que fizemos em Kamishibai, além de permitirem fruir a leitura de um modo diferente, de fazerem uma educação para os valores, para a literacia e para o conhecimento, ainda permitem criar e desenvolver outras expressões. O Kamishibai em papel foi uma das mais belas obras de expressão plástica que nos foram oferecidas, como retorno do nosso trabalho. 

A professora bibliotecária agradece todo o carinho que alunos e professores lhe dispensaram ao longo das sessões de “Oficina de Leitura” ao longo deste ano letivo.
Isabel Sousa




sábado, 15 de junho de 2019

28.º PRÉMIO LITERÁRIO CRISTINA TORRES

Em forma de balanço das atividades das 26.ª, 27.ª e 28.ª edições do Prémio Literário Cristina Torres, a equipa que ao longo destes três anos concretizou este projeto agradece a todos aqueles que neste último ano foram indispensáveis para a realização desta 28.ª edição do PLCT. 

Como tal, agradecemos às instituições públicas e privadas que nos apoiaram, nomeadamente: 






Câmara Municipal da Figueira da Foz;

Junta de Freguesia de Quiaios;

Junta de Freguesia de Tavarede;

Casino Figueira, Sociedade Figueira Praia, S.A.;

Verallia Portugal, S.A.;

The Navigator Company;

Celulose Beira Industrial, S.A. (Celbi);

Fernando Azenha e Filho, Lda. 

Agradecemos ainda o apoio do corpo docente e não docente do agrupamento, especialmente da Direção do Agrupamento de Escolas Figueira Norte, do Grupo Disciplinar de Português, dos Diretores de Turma, do docentes do 1.º Ciclo do Ensino Básico, dos assistentes operacionais, que foram sempre incansáveis, e aos pais, familiares e, como é óbvio, aos próprios alunos que participaram no Prémio Literário Cristina Torres.

Cristina Torres observa as estrelas


Na noite de 12 de junho, pelas 21 horas, as portas da Escola Cristina Torres estiveram abertas para quem quis "Espreitar o Céu"! 

Esta foi uma atividade integrada num projeto do Concurso Ilídio Pinho que proporcionou uma noite bem passada. Com a Lua bem visível, outros planetas, estrelas e constelações estiveram presentes no céu e nem mesmo a temperatura pouco convidativa demoveu os “astrónomos”. Com o recurso a algumas aplicações para telemóvel instaladas para a ocasião foi possível compreender e identificar os pontos brilhantes do céu, que tanto nos fascinam desde o início da humanidade.



quinta-feira, 13 de junho de 2019

Fomos ao Cinema- EB1 Castanheiro

No dia 28 de maio, as duas turmas da escola do Castanheiro deslocaram-se ao cinema.
O Centro Social da Vela Azul é que teve a simpatia de nos levar e a junta de freguesia do Bom Sucesso é que nos ofereceu os bilhetes e também as pipocas.
Quando lá chegámos fomos logo escolher as pipocas, podiam ser doces, salgadas ou de caramelo, eram todas muito boas...
Entrámos para a sala do cinema, tivemos sorte, pois a sala estava só para nós.
Os alunos não sabiam que filme iam ver, era surpresa...
Foi aí que a magia começou!... E descobrimos qual era o filme...«Como treinar o teu Dragão 3».
Falava de um rapaz que salvava dragões e ele tinha um amigo dragão chamado Desdentado.
O filme foi um pouco dramático e eu até chorei no fim, mas depois acabou tudo bem.
Gostámos todos do filme e aprendemos que não devemos magoar os dragões nem os outros animais.
Que dia divertido tiveram os meninos da escola do Castanheiro!

Mariana Dias
T1- 3º ano
Eb1 Castanheiro

quarta-feira, 12 de junho de 2019

“A Árvore Generosa” encenada na EB1 de Vigários

O grupo “Pateo de Estorias” encenou mais uma vez a linda história “A árvore generosa” de Shel Silverstein na Escola EB1 de Viários, para alunos dessa escola, do Jardim de Infância das Ribas e para todos os alunos da EB1 do Castanheiro. Esta lição de valores e altruísmo captou a atenção dos alunos e professores, que demonstraram gostar imenso da atividade. “E a árvore ficou feliz!” 

Desta forma a Biblioteca Escolar da PMA encerra o seu projeto “Oficina de Leitura”, que visitou quinzenalmente as escolas do 1º CEB com atividades de promoção de leitura, com ou sem recurso a artifícios para contar histórias. 

Os alunos ficaram a gostar mais de livros, de leitura e de muitas outras actividades que se podem fazer em torno da leitura. 

Voltamos para o ano letivo que vem. 

Até lá!






terça-feira, 11 de junho de 2019

Convidamos a Comunidade Educativa a participar na 
Noite de Estrelas 
com observação astronómica que decorrerá amanhã, dia 12 de junho de 2019, 
pelas 21 horas, na Escola Secundária de Cristina Torres.
Apareçam, pois além das estrelas, constelações e planetas há bebidas quentes e biscoitos!

Esperamos por vós!



Concurso de reutilização de materiais
Prémios

De acordo com o regulamento, foram premiados pelo Júri os seguintes trabalhos:

Escalão Pré-escolar – modalidade 3D – Jardim de Infância de Santana
Escalão 1.º CEB – modalidade 3D – Escola 1.º CEB de Maiorca
                            - modalidade Poster - Escola 1.º CEB de Brenha
Escalão 3.º CEB – modalidade 3D – Diogo Oliveira e Rodrigo Pereira (7.ºB)
Escalão Secundário – modalidade 3D – Carla Roldão e Ana Raquel (10.ºC)

PESES e ECO-ESCOLAS
Figueira da Foz, 11 de junho de 2019

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Recordamos Agustina Bessa-Luís na BE_PMA

A morte de Agustina Bessa-Luís deixou a literatura portuguesa mais pobre. A sua obra fala por si.

Tratou-se de uma mulher muito à frente do seu tempo, que realizou uma análise da sua época, da sociedade à política, incómoda por vezes, mas sempre assertiva.

A nossa biblioteca expôs alguns títulos da autora e um pouco da sua biografia, considerando que estes atos servem para a formação cívica dos nossos alunos.


sexta-feira, 7 de junho de 2019

in DBeiras-07.07.2019

Policia Marítima na EB1 de Quiaios


No passado dia 27 de maio, os alunos da Eb1 de Quiaios estiveram presentes numa ação de sensibilização subordinada ao tema " Cidadania e Segurança Marítima" . A ação iniciou-se com os agentes a falarem das diferentes valências da Polícia Marítima e da sua área de atuação.

De seguida falaram da segurança de pessoas e bens nas zonas costeiras , alertando os alunos para alguns comportamentos de risco que não devem ser praticados nas zonas balneares.
Os alunos mostraram bastante interesse pelos assuntos abordados.


Dia Mundial da Criança - EB1 de Quiaios

Para comemorar o Dia Mundial da Criança a Junta de Freguesia de Quiaios, proporcionou mais uma vez às crianças da freguesia um dia de festa.
Pela manhã, as crianças professores e auxiliares deslocaram-se até ao jardim do centro da vila, onde já estavam montados vários insufláveis  e ateliers de pinturas faciais e de tatuagens.
A meio da manhã houve um  lanche para todos.
De seguida, as crianças assistiram a uma leitura encenada a partir da obra " A Árvore Generosa " de Shel Silverstein, pelo Pateo das Galinhas- Grupo Experimental de Teatro , da Figueira da Foz.
Este foi um dia de muitas brincadeiras e muita alegria!!!

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Dia Aberto na Cristina Torres

No último dia de aulas dos 9º, 11º e 12º Anos, a Escola Cristina Torres abriu as suas portas à comunidade para que os interessados pudessem visitar as salas de aula, os laboratórios, a biblioteca, a cantina... que se prepararam para mostrarem o que melhor sabem fazer: partilhar conhecimento e informação.

No salão polivalente decorreu uma atividade organizada pelas professoras de Português com as turmas do 9º ano da escola: o concurso Descobrir +, uma atividade interdisciplinar, com equipas compostas por alunos e encarregados de educação que tiveram de recordar matérias de oito disciplinas do Ensino Básico. Os participantes encararam a atividade com responsabilidade e saber estar e o  público, composto por alunos, encarregados de educação e professores, mostrou entusiasmo e apreço pelo trabalho desenvolvido. Depois desta prova, conviveu-se num lanche bem servido na cantina, com música ao vivo, e fez-se a visita à escola.

O final do ano letivo foi assim um bom pretexto para integrar toda a comunidade educativa numa experiência lúdica e pedagógica. 

Simulacro de Incêndio

Com a intenção de desenvolver hábitos de autoproteção e de reforçar conhecimentos na área da segurança individual e coletiva, decorreu no dia 5 de junho um teste ao Plano de Emergência na Escola Secundária C/ 3º CEB Cristina Torres, com a realização de um simulacro de incêndio.
Para que exista uma efetiva cultura de segurança, é necessário que todos os intervenientes sejam incentivados a participar nestas ações de forma empenhada e isso só é possível proporcionando e promovendo dinâmicas e práticas educativas que visem a adoção de comportamentos de segurança, de prevenção e gestão adequada dos riscos. 
Dado o alarme, conforme previsto no Plano - toque contínuo da campainha, verificámos que alunos, professores, funcionários e visitantes que nesse momento se encontravam na escola cumpriram com o estabelecido, designadamente no que se refere aos caminhos de evacuação a utilizar e na concentração no “ponto de encontro”. 

Um dos objetivos desta atividade foi também testar a operacionalidade dos meios de segurança internos, avaliando os procedimentos que devem ser adotados pelos diversos responsáveis em prol da comunidade escolar, em situações de emergência. 
Conseguimos da parte dos alunos uma grande adesão e uma total disponibilidade para colaborar nesta ação. 

Participaram nesta atividade a PSP, através da Escola Segura, os Serviços Municipais de Proteção Civil, os Bombeiros Municipais e Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, a quem agradecemos a preciosa colaboração prestada. 

O Coordenador de Segurança, José Sousa
(Fotos: FMiranda)

Passeio ciclista_Dia do Ambiente


O Clube de Ciclismo “Alves Barbosa” do AEFN participou no passeio ciclista organizado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, no âmbito do Dia Mundial do Ambiente. 
Participaram todas as escolas do Concelho que aderiram ao projeto “O Ciclismo vai à Escola”, tendo comparecido cerca de 80 alunos.
A concentração foi na Praça Europa, o passeio foi até ao Cabo Mondego e regresso.
(Foto retirada do Figueira na Hora)

Visita Ecuménica

No passado dia 4 de junho, os alunos que frequentam a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica no AEFN foram a Lisboa, conhecer os vários Templos e as tradições de outras Religiões. 

Nesse dia, começaram por uma visita guiada ao templo Hindu, seguido do Centro Ismaeili (em “substituição” da Mesquita, pelo facto de estar a decorrer o mês do Ramadão) e terminando na Sinagoga.





Dia Mundial do Ambiente


Monitorização de “Monos” na serra das Alhadas 
No dia 3 de junho, no âmbito do programa Eco-Escolas, decorreu a atividade "Monitorização de Monos na Serra das Alhadas", que envolveu as turmas A, E, F e G, do 8.ºano. Foi a nossa forma de comemorar, antecipadamente, o dia mundial do Ambiente. 

O percurso pedestre começou na Escola Pintor Mário Augusto e seguiu em direção à Serra das Alhadas, mais propriamente ao Dólmen das Carniçosas. Pelo caminho, houve a oportunidade de observar a biodiversidade, os fósseis, o lixo abandonado... Junto ao Dólmen, foi feita a recolha seletiva dos resíduos, que posteriormente foram recolhidos por funcionários da Junta de Freguesia. 

Pelo meio também houve um momento de convívio e boa disposição, quando parámos para comer e partilhar o nosso lanche. 
A atividade permitiu fazer exercício físico ao ar livre e verificar, no terreno, a ação negativa que o Homem pode ter nos ecossistemas, com a sua falta de cuidado com o património natural e histórico. 
O principal objetivo desta atividade foi cumprido: que todos tomassem consciência de que devemos sempre cuidar do ambiente e da nossa casa comum, o planeta Terra.

Oficina de Leitura com “A árvore Generosa” na Biblioteca da Junta de Freguesia da Ferreira-a-Nova

A Oficina de Leitura – Hora do Conto da Biblioteca Escolar da PMA quis encerrar, este ano letivo, as suas visitas quinzenais às EB1 do Agrupamento de Escolas Figueira Norte de uma forma muito especial. Assim, convidou o grupo de teatro “Páteo das Galinhas” para fazer uma leitura encenada da belíssima obra da literatura infantojuvenil “A árvore generosa” de Shel Silverstein, publicada pela 1ª vez em 1964. 

Em parceria com a Junta de Freguesia de Ferreira-a-Nova, conseguimos reunir em duas sessões, 132 alunos (da EB1 de Santana e Netos e JI da Ferreira, Tromelgo e Santana), alguns
familiares, professoras, educadoras, assistentes na bonita biblioteca da junta desta freguesia, no dia 4 de junho de manhã. Os alunos participaram nas sessões de forma muito entusiasmada, tanto durante a representação da história, como noutras atividades de concentração e preparação para o espetáculo, promovidas pelos elementos do grupo. Acreditamos que foi uma atividade que ficará na memória destas crianças. Como recordação foi oferecido a cada aluno um animalzinho feito em origami (gato, cão ou sapo), de que gostaram muito. 

Agradecemos muito ao grupo de teatro “Páteo das Galinhas” e sobretudo à Presidente da Junta da Ferreira, Susana Monteiro, que nos apoiou desde a primeira hora e se envolveu, como sempre, nesta iniciativa, com todo o carinho e entusiasmo.

Corrida de sapos na Biblioteca Escolar_PMA

No dia 30 de maio os alunos do 1º CEB do nosso agrupamento, visitaram a nossa escola e vieram conhecer a Biblioteca Escolar. Foi-lhes feita uma visita guiada à nossa biblioteca, viram os livros, os jogos, e todos os recursos que este espaço tem para lhes oferecer. No final, os alunos fizeram várias corridas com sapos de origami, divertiram-se muito e prometeram voltar.

Leitura de histórias com Kamishibai nas EB1 do AEFN


Estamos no final do ano letivo e, para terminar de forma diferente a nossa “Hora do Conto”, a Biblioteca Escolar da PMA utilizou um equipamento novo, um Kamishibai. 

Mas afinal, o que é um Kamishibai?

O Kamishibai é uma estrutura em madeira, com a qual no Japão se costumava contar histórias às crianças. A maioria das histórias de Kamishibai são compostas por 12 a 16 folhas de cartão, ilustradas de um lado e com o texto na parte traseira. A maneira de contar a história é única, uma vez que existe um jogo na colocação dos
cartões, que faz sempre corresponder a imagem ao texto que se está a ler. Trata-se de um excelente meio de promoção da leitura. 

A Biblioteca Escolar PMA conseguiu comprovar o interesse que este equipamento suscita nas crianças, quando esta semana leu a história “O gato sol”. Uma história vietnamita que prova que todos os seres da natureza são iguais entre si, todos são importantes, pelo que não devem constituir-se hierarquias, dado que todos necessitam uns dos outros para se manterem vivos. Uma linda lição, com um bonito equipamento criou sessões de leitura muito impactantes e que agradaram muito aos nossos alunos do 1º CEB.

Crónica do mês_junho


Pedintes do século XXI 

Que dificuldades financeiras terá a senhora que está sentada à porta da igreja, estendendo a mão e cumprimentando, com um sorriso amarelo, quem entra? Diz “Bom domingo”, estendendo-me a mão esquerda e falando ao mesmo tempo para um telemóvel na mão direita. 

Logo me questiono: esta senhora precisa de dinheiro para quê?! Para carregar o telemóvel?! 

Com o tempo a passar tão depressa não notamos
as mudanças que vão ocorrendo à nossa volta! Sim, parece que o telemóvel se tornou um bem de primeira necessidade. Toda a gente tem um, seja pequeno, grande, com muitas ou poucas funcionalidades, toda a gente parece precisar de um. Estar em contacto tornou-se uma carência mundial. Não faltam razões para se adquirir um telemóvel. Nem que não se tenha dinheiro para comer (aparentemente). 

Não fico muito tempo na entrada. Ainda meio atrapalhada com a situação, entro na igreja para cumprir o meu dever religioso. Tenho pena de não ter o descaramento da minha tia para me por à conversa com a senhora e talvez até, convidá-la a entrar e a participar na celebração. Gostava de lhe perguntar sobre os verdadeiros motivos que a levam a prostrar-se ali, tentando alcançar a pena dos crentes. Mas deixo isso para quando for adulta. 

É normal verem-se pedintes por todo o lado. Solicitam várias coisas: comida, dinheiro, cigarros... Contudo, nunca sabemos o porquê de o fazerem. Apenas supomos. 

Com a era das tecnologias tornamo-nos cada vez mais desconfiados quanto aos pedintes. Será que está mesmo a passar fome? Será que as crianças da fotografia são mesmo seus filhos? E a fotografia do miúdo no hospital, todo entubado? Será que está mesmo com uma doença terminal? Sem meios para pagar os tratamentos? Ou a mulher tirou a foto da internet e colou-a num pedaço de cartão velho que tinha lá em casa? O coxo é mesmo coxo ou finge sê-lo? 

É triste sermos tão críticos quanto ao sofrimento do outro! Quase como se medíssemos, numa escala, a nossa posição e a dele. Caso estejamos acima dele, merece a nossa moedinha. Caso não, leva com um olhar de lado ou até uma daquelas frases emblemáticas: “Vá mas é trabalhar!” ou “Eu também tenho filhos em casa para sustentar!” 

O que será que podemos fazer para que no próximo século as coisas sejam diferentes?

Camila Gonçalves


terça-feira, 4 de junho de 2019

Dia Mundial da Biodiversidade



A turma do curso Técnico de Análise Laboratorial realizou três projetos para o Dia Mundial da Biodiversidade, no âmbito da disciplina de química aplicada. 


No dia 24 de maio de 2019, quatro dos alunos construíram e colocaram ninhos para os pássaros em algumas árvores da escola. As casas foram feitas de madeira e no final envernizadas. O
principal objetivo era criar habitats para ajudar a diversidade de aves na escola. 

No passado dia 28 de maio de 2019, a turma esteve presente na escola primária EB1 das Alhadas, tendo realizado uma apresentação para os alunos do 3º e 4º ano, no âmbito do dia mundial da Biodiversidade (22 de maio) 
Como todos sabemos a poluição tem-se vindo a agravar consoante o passar do tempo. Um dos piores materiais que se ouve falar quase todos os dias, é o plástico! Como tal o principal objetivo do projeto era sensibilizar a geração mais nova através de uma breve apresentação interativa para este perigo. A atividade consistiu de uma sensibilização acerca da biodiversidade através de uma palestra e de um jogo baseado no tema. 
Como sabemos o plástico está presente em tudo no nosso dia a dia, logo não o podemos retirar drasticamente do quotidiano. Mas ensinando a geração mais nova a deixar de utilizar o plástico ou não o deitar para o chão, vai fazer a diferença no mundo. Optamos por esta faixa etária, pois as crianças são o futuro e são bastante influenciadoras, isto é, podem influenciar os pais a fazer a diferença, para salvar o planeta. 

Por último mas não menos importante, no dia 04 de junho de 2019 foi realizada uma ida ao canil da Gadaff, para fornecer alimentos, mantas e brinquedos. A recolha foi feita nas escolas Cristina Torres e Pintor Mário Augusto. Este projeto teve como objetivo ajudar a associação, pois não é fácil estimar tantos animais.


JUNTOS FAZEMOS A DIFERENÇA!




Publicação do momento

Sessão de sensibilização - “História da Cultura Cigana”