domingo, 31 de março de 2019

EMRC do 1º CEB foi ao “Lugar dos Afetos”


Mais de 100 alunos do 1º Ciclo, que frequentam a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas Figueira Norte, foram a Aveiro, no passado dia 28 de março, ao “Lugar dos Afetos”.

Da parte da manhã realizaram a visita guiada ao parque e da parte da tarde tiveram a oportunidade de concretizar vários jogos e atividades, com a temática dos afetos. 

Com muito calor, mas de coração cheio, podemos afirmar que todos estavam bastante satisfeitos com a dinamização desta atividade que proporcionou um dia diferente.



quinta-feira, 28 de março de 2019

Sessões dinamizadas pela CIM da Região de Coimbra na Biblioteca Escolar Cristina Torres


CLIMAGIR – Divulgar, atuar, adaptar

A equipa do CLIMAGIR, que anda em missão pelo Município da Figueira da Foz, veio mais uma vez à Escola Cristina Torres apresentar as suas preocupações, agora para mais duas turmas do 7º ano de escolaridade. O objetivo é sensibilizar os alunos para as consequências das alterações climáticas na Região de Coimbra e, ao mesmo tempo, promover a floresta autóctone. 



A(S) SEMANA(S) DA(S) LEITURA(S) NA CRISTINA TORRES


Estão a decorrer até ao final do segundo período as Semanas da Leitura dinamizadas pela Biblioteca Escolar da Escola Cristina Torres. 

Várias têm sido as atividades promotoras da leitura desenvolvidas ao longo do mês de março. “Celebrar Sophia”, no ano em que se assinala o centenário do nascimento da escritora, consistiu na leitura de poemas pelos alunos em ocasiões imprevistas, surpreendendo colegas e professores com as palavras de Sophia de Mello Breyner. “Ler + jovem”, o Projeto que já vai no seu segundo ano, teve mais uma apresentação de trabalhos em torno da leitura de romances e de contos, numa sessão aberta aos pais. “Literacia da informação”, uma atividade que se desenrola em etapas de trabalho, desde a pesquisa ao tratamento da informação, resultando na produção e apresentação de trabalhos de várias áreas curriculares. Sessões de literacia científica para elaboração dos textos das placas identificativas das árvores da escola, aquando da celebração do Dia Mundial da Árvore e da Floresta. “Concursos de Leitura”, do 7º ao 12º ano, a realizar brevemente, com recurso a tablets e a ferramentas digitais que permitem a correção instantânea, constituindo-se como um forte estímulo à aprendizagem. 




Cristina Torres na SAM


O projeto “Semana Arte Mulher” incluiu no seu programa uma sessão sobre Cristina Torres, a patrona da Escola Secundária c/ 3º CEB de Cristina Torres. A Professora Irene Vaquinhas e a professora Clara Martinho estiveram numa conversa, moderada pela professora Silvéria Ramos e apresentada pela Vereadora Mafalda Azenha, no Auditório Municipal, no dia 21 de março, dia dos 128 anos do nascimento de Cristina Torres. Homenageou-se a mulher, a professora, a pedagoga, a antifascista, a escritora que foi esta figueirense.
A Professora Irene Vaquinhas apresentou a fase “Menina e Moça” de Cristina Torres, republicana convicta e lutadora, enquanto a professora Clara Martinho se debruçou sobre a fase da vida da professora perseguida pelo Estado Novo. Coragem e determinação foram palavras recorrentes na caraterização desta mulher que, aparentemente, era pequena e frágil.
O evento, designado “Lembrando Cristina Torres”, foi apresentado pela Vereadora como um primeiro passo na grande homenagem que, daqui a dois anos, aquando dos 130 anos do nascimento de Cristina Torres, a cidade lhe pretende dedicar.
(a foto que acompanha este texto consta da página oficial do facebook da Câmara Municipal da Fig. Foz)

Dia da Árvore ( EB1 de Quiaios)

Dia da Árvore
No dia 25 de Março , os meninos da freguesia de Quiaios: Jardim de Infância de Cova de Serpe, creche e jardim de Infância de Quiaios e EB1 de Quiaios, foram ao Jardim da freguesia comemorar o Dia da Árvore.
Saímos da escola e dirigimo-nos ao jardim. Quando lá chegámos já estavam todos à nossa espera . Brincámos um pouco e depois fomos tirar uma foto do grupo do 4º ano. De seguida começámos a plantar flores , ficámos com as mãos com tanta terra que tivemos de as lavar nos repuxos do jardim. Até nos molhámos todos!
Depois desta atividade já estávamos com bastante fome e por isso fomos lanchar : pão de leite com queijo e fiambre, leite ou água e por fim um queque muito bom.

A atividade seguinte foi colocar o ovo gigante que tínhamos feito com cápsulas de café , no local escolhido .
Seguidamente fomos decorar uma árvore com motivos alusivos à Páscoa que tínhamos feito na escola: ovos, passarinhos, coelhos, flores e borboletas.
Finalmente, chegou a parte mais divertida que foi a caça aos ovos. Cada professora tinha escondido dois sacos com ovos para nós encontrarmos. Quem encontrou os ovos do 4º ano foi a Raquel e o Wilson, pois eles procuraram muito bem e conseguiram  encontrar.
Por fim agradeceram-nos por termos ido e recebemos uma bandeira da Junta de Freguesia de Quiaios. Regressámos à escola muito felizes.

Letícia Gabriela – 4º ano

quarta-feira, 27 de março de 2019

PRIMAVERA






Uma Amiga

Uma árvore é uma amiga a valer:
dá-nos sombra
dá-nos frutos
a lenha para queimar,
o papel para os livros fazer
os cadernos para escrever e desenhar,
o bom ar para respirar...

Hoje que é o seu Dia
vamos juntos festejar
respeitando a Natureza
e uma árvore plantar!


                                                                                                      Lourdes Custódio



segunda-feira, 25 de março de 2019

Atividades de 21de março

Foi um dia diferente, o nosso 21 de março. 

Para além das atividades já noticiadas (o Dia do Carbono, a Palestra pelo engenheiro José Gaspar, do ICNF, a Experiência de Eratóstenes), faltava ainda contar que o 8.ºC se envolveu durante duas horas no projeto “As árvores da minha escola”, fazendo a inventariação de todas as árvores e arbustos do recinto da escola Cristina Torres, através da sua localização em mapa e registo fotográfico de cada um dos exemplares. A identificação de cada uma das espécies será feita a partir de agora, porque é mesmo tarefa para profissionais. Depois, como o dia era mesmo Eco, todos deram o seu contributo, sugerindo frases para o Eco-código da escola. 

Mais do que um dia de comemoração, espera-se que tenha sido também um dia de sensibilização eficaz para a defesa da nossa floresta. 

Econtigo… Ecomtodos (Vale a pena ver…)



E agora?!... ( EB1 de Castanheiro)


E agora?!...
O Carnaval acabou, a Rita pegou na sua máscara de borboleta e ia arrumá-la no seu sotão. Mas ela lembrou-se dos bons momentos que tinha passado com a máscara, quem lhe tinha oferecido era a sua avó Maila que já faleceu.
A Rita também se lembrou dos Carnavais que tinha passado com a máscara e os desfiles que tinha ganhado com ela.
A máscara era uma das mais belas do mundo, tão brilhante como o sol e colorida como o camaleão.
Mas a Rita era muito habilidosa para fazer trabalhos manuais. Foi buscar a cola, os brilhantes, as tintas e as cartolinas…Ela teve a ideia de fazer muitas máscaras e mascarilhas para dar aos meninos e meninas que estavam no hospital, para que eles no próximo Carnaval pudessem usá-las e ficarem contentes.
A Rita sabia que se a sua avó Maila estivesse aqui ia ficar feliz pelo trabalho que a Rita tinha feito. Foi por isso que a Rita todos os anos tentava fazer de tudo para que todos estivessem os melhores Carnavais do mundo.

Mariana Isabel Alves Lé Dias
(3º ano da EB1 de Castanheiro)

domingo, 24 de março de 2019

Dia Mundial da Árvore e da Floresta

Nesta celebração da Árvore e da Floresta os alunos do 11ºA da Escola Cristina Torres assistiram a uma palestra do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, que incluiu visionamento de um filme e um debate em torno do tema “O valor da floresta”.
Esta foi uma das várias atividades deste dia dinamizadas pelos grupos de professores de Físico-Químicas, de Biologia e Geologia e ainda pela Biblioteca Escolar CT. 



Cristina Torres na Experiência de Eratóstenes

A Experiência de Eratosthenes (The Eratosthenes Experiment - https://eratosthenes.ea.gr/), foi realizada no dia 21 de março de 2019, pelo Ellinogermaniki Agogi’s (EA) Research and Development Department, em colaboração com a Hellenic Mathematical Society. Participaram 802 escolas de 77 países de todo o mundo nesta celebração de ciência e educação, tendo a escola Cristina Torres marcado presença com a turma do 10ºB.














A atividade consistiu em calcular o perímetro da Terra usando ferramentas educacionais de eLearning e instrumentos simples, pelas 12:43, meio dia solar local.

O perímetro da Terra, determinado experimentalmente, foi de 41941,04 km, valor real 40075,02 km, erro inferior a 5%.

Este evento foi organizado com o apoio da União Astronómica Internacional (IAU), no âmbito das comemorações do 100º aniversário da IAU e dos avanços astronómicos que moldaram a ciência, a tecnologia e a cultura ao longo do último século. 

AEFN foi ao Porto

As turmas do 9º ano e do 11ºD das escolas Cristina Torres e Pintor Mário Augusto foram em visita de estudo à cidade do Porto, no âmbito das disciplinas de Português e Geografia.
A manhã foi passada no magnífico Teatro Sá da Bandeira, considerado a segunda melhor sala da cidade do Porto. Aí assistiram à excelente interpretação da peça de Gil Vicente, Auto da Barca do Inferno, pela equipa Cultural Kids. No final, puderam ainda interagir com os atores e saber mais sobre a vida de cada um. 
Depois de um almoço em grupo no Parque da Cidade, em plena natureza, a tarde foi passada no Porto de Leixões, numa visita guiada. Este porto é o segundo maior do país, construído ainda no séc. XIX, e sucessivamente renovado e adaptado aos nossos dias, com, por exemplo, um Terminal de Cruzeiros, com 340 m. de comprimento. 

Foi uma visita de estudo que complementou e enriqueceu verdadeiramente as práticas pedagógicas no AEFN.

sábado, 23 de março de 2019

Dia do Carbono na Cristina Torres

Os alunos da turma do 10ºB celebraram a Tabela Periódica, em particular o Carbono, plantando uma árvore na escola. Esta iniciativa integra-se em várias ações de sensibilização para as áreas do ambiente, energia, saúde e educação que procuram demonstrar a centralidade da química na resolução de problemas através do elemento carbono.

quinta-feira, 21 de março de 2019

Dia do Pai

O Dia do Pai comemorou-se no dia 19 de março.
Nas nossas escolas todos os alunos se empenharam na realização da  prendinha para oferecerem ao PAI. Para acompanhar  o presente fizeram lindos postais onde escreveram bonitas dedicatórias
.
Feliz dia do Pai !!!

terça-feira, 19 de março de 2019

Agrupamento de Escolas Figueira Norte no Concurso Concelhio de Leitura 1º e 2º CEB

Nos dias 11 e 13 de março realizaram-se as provas do Concurso Concelhio de Leitura na Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, respetivamente, para o 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico.

Após a realização de provas a nível de escola, nas quais participaram 140 alunos do 1º CEB e 35 do 2º CEB, foram apurados três alunos de cada EB1 do agrupamento, bem como número igual de suplentes. Quanto ao segundo CEB, foram apurados a nível de escola cinco alunos e quatro suplentes. Estes alunos foram convidados a ler, no 1º CEB, os livros “Acho que posso ajudar” e “O aquário”, sendo que estes foram trabalhados com os alunos no projeto da Biblioteca Escolar, “oficina de Leitura”. Os alunos do 2º CEB leram os livros “ No reino do sonho” e “Sempre do teu lado”. 

Nos dias 11 e 13, os nossos alunos participaram no Concurso Concelhio de Leitura, na Biblioteca Municipal, tendo dado o seu melhor nesta festa da leitura. Foi com muita alegria que uma aluna do nosso agrupamento, pertencente ao 4º ano da Escola EB1 de Maiorca, Leonor Simões Cordeiro, obteve o 3º lugar na classificação final, o que muito nos orgulhou a todos.

Muitos parabéns a todos os alunos e professores que deram o seu contributo para que a participação tivesse sido possível e um agradecimento à Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, ao Júri e à Coordenadora Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares.

sábado, 16 de março de 2019

Páteo de Histórias … na Biblioteca Escolar da PMA

No dia 15 de março, inserido na comemoração da Semana da Leitura, decorreu na Escola Pintor Mário Augusto uma leitura encenada da obra “A árvore generosa”, pelo grupo de teatro figueirense, Páteo das Galinhas. 

A atividade inseriu-se no âmbito da planificação da Biblioteca Escolar e destinou-se aos alunos da Escola EB1 de Alhadas e a todas as turmas do 5º ano da Escola Pintor Mário Augusto.




Esta obra já havia sido trabalhada com os alunos do 1º CEB, no âmbito do projeto “Oficina de Leitura”. A mensagem saiu reforçada através da
belíssima encenação que este grupo deu ao texto e aos adereços que foram utilizador como artifícios para contar a história. Mais de cem alunos tiveram o grato prazer de serem convidados para este evento, no qual também participaram, tendo demonstrado de forma efusiva o seu agrado.

Ficamos à espera de nova visita do “Páteo de Histórias” à nossa escola.

Propostas para o OPE

No Agrupamento de Escolas Figueira Norte está a decorrer, pelo terceiro ano consecutivo, o processo democrático que dá voz aos alunos permitindo-lhes participar nas decisões da escola – Orçamento Participativo das Escolas. 

Assim, nas escolas Pintor Mário Augusto e na Escola Cristina Torres foram já apresentadas as propostas que se encontram afixadas para consulta dos alunos. 
Na Escola Pintor Mário Augusto foi submetida a proposta de aquisição de uma mesa de ping pong em betão para aproveitar os espaços exteriores da escola, levando os alunos a conviver e a adquirir hábitos de vida saudáveis. 

Na Escola Cristina Torres foram submetidas 4 propostas: 
- Aquisição de Televisor com mais de 60' para divulgação de atividades internas e de entidades parceiras, fomentação da memória coletiva e promoção do espírito de comunidade. 
- Criação de um espaço de descontração e convívio para a comunidade escolar constituído por seis confortáveis pufes e uma pequena mesa de apoio para colocar livros ou até o telemóvel. Os pufes são de uma cor neutra com uma capa resistente e amovível podendo ser lavada, sendo próprios para usar tanto no interior como no exterior possibilitando a criação de um espaço intimista no polivalente ou, em dias de Sol, no jardim da escola. 
- Criação de um espaço de convívio para alunos, ao ar livre, recriando o ambiente de uma esplanada, com cadeiras, mesas, chapéus de sol e música, permitindo aos alunos, em dias de sol, conversar, estudar, ouvir música ou até participar em jogos de mesa. 
- Aquisição de uma Mesa de “Ténis de mesa” para exterior, proporcionando aos alunos formas alternativas de praticar desporto. Tem a vantagem de poder ser praticado ao ar livre e esse facto possibilita aproveitar o clima maravilhoso da Figueira da Foz através da prática de uma atividade aliciante no exterior do edifício escolar. 

A apresentação e debate das propostas realiza-se no próximo dia 19 de março e a votação das propostas no dia 22, assegurando que a escolha da proposta vencedora é democrática. 

EDP – Escolas solidárias

O Programa Escolas solidárias da Fundação EDP promove a cidadania ativa e solidária, assente na promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas. 

No dia 14 de março vieram à Escola Secundária Cristina Torres dois representantes deste programa para apresentar aos professores e à direção do agrupamento uma ferramenta agregadora dos projetos solidários das escolas/agrupamentos. Esta reunião realizou-se na biblioteca escolar da escola, recentemente ampliada e renovada, com o objetivo de mobilizar professores e alunos a contribuírem, de forma integrada e construtiva, para a melhoria de situações concretas das suas comunidades, tornando-se assim agentes de mudança positiva. A proposta é a partilha de boas práticas e a promoção do trabalho em rede, para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável.

sexta-feira, 15 de março de 2019

Galp – Switch up


Um representante dos Projetos Sociais Educativos GALP dinamizou, no dia 12 de março, uma sessão de divulgação para duas turmas do 12º ano na Biblioteca Escolar da Escola Secundária com 3.ºCEB de Cristina Torres. 

O projeto Switch up destina-se a alunos do secundário e promove o empreendedorismo através da constituição de Clubes nas escolas do Ensino Secundário de todo o país, com o objetivo do desenvolvimento de projetos que promovam o envolvimento com a comunidade local e a partilha de ideia e atividades relacionadas com a eficiência energética e a minimização da intensidade carbónica da atividade. 

O Switch up procura estimular a responsabilização dos jovens e da sua capacitação em gestão de projetos. Com uma lógica de estímulo à criação de start-ups e geração de futuro emprego.


quinta-feira, 14 de março de 2019

Do óvulo à máscara


Um projeto de criação de máscaras reutilizando cartão foi levado a cabo pelas turmas do 8º ano da Escola Cristina Torres, no âmbito da disciplina de educação visual.

O resultado é um trabalho cheio de originalidade e de cor, em exposição no salão polivalente da escola até ao final do período.

A Biblioteca Escolar criou um vídeo com a mostra completa. 



Link do filme:


“Miúdos a Votos” na PMA

Os alunos do 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico da Escola Pintor Mário Augusto foram convidados a eleger o seu livro preferido. Os alunos do 3º CEB acorreram à Biblioteca Escolar e votaram com grande entusiasmo. Os livros vencedores foram: 1º - “A vida mágica da sementinha”; 2º - “O rapaz de Bronze”; 3º - “Três histórias de amor”; 4º - “Diário de um banana” e 5º - “Os três reis do Oriente”. 

Do 3º CEB votaram quatro alunos, sendo que três votaram no livro “História da gaivota e do gato que a ensinou a voar”. 









Esta é uma forma de os alunos manifestarem a predileção por certos livros e autores, mas também para se iniciarem num posicionamento cívico, através do voto.

Oficina de Leitura nas EB1 do AEFN

A Biblioteca escolar continua a desenvolver o seu trabalho de promoção da leitura junto dos alunos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Pintor Mário Augusto.

Nas últimas semanas desenvolveram-se sessões de leitura orientada para os alunos do 3º e 4º ano, tendo em vista a preparação para a participação dos alunos no Concurso Concelhio de Leitura. Neste âmbito foram lidos os livros “Acho que posso ajudar” e “O aquário”. Para alunos mais novos (JI de Santana 1º e 2º ano) foi lido o livro “Lola na Quinta”. Em algumas escolas, na proximidade do Dia Internacional da Mulher, foi lido o livro “O lápis mágico de Malala”. A leitura é sempre um pretexto para dialogar com os alunos sobre valores e assuntos de interesse para a sua formação. Os alunos continuam a reagir muito bem a esta atividade. Além de gostarem de ouvir ler histórias, também gostam de ler os textos e de ver as imagens, folhear o livro e sentir o papel das páginas.

Acreditamos que, desde que se iniciou este projeto, os alunos estão cada vez mais despertos para o livro e para a leitura, o que nos alegra muito.

“Como fazer um trabalho de Pesquisa?” na Biblioteca escolar da PMA

A Biblioteca Escolar da PMA realizou sessões de formação “Como fazer um trabalho de Pesquisa?”, para alunos dos 5º e 7º anos, ao longo da primeira metade do mês de março (Mês da Leitura).

Os alunos, que já tiveram uma formação de utilizadores da biblioteca escolar, estão agora a frequentar uma ação mais específica no que concerne à literacia da informação. A ideia é que os alunos saibam os passos que deverão dar para realizar um trabalho, a forma de aceder e tratar a informação, a possibilidade de fazer trabalhos em diversos formatos e regras que deverão utilizar para a composição e apresentação do trabalho, tendo em vista a produção de um trabalho com níveis de rigor aceitáveis para o seu nível de escolaridade. A ideia é que os alunos tomem consciência que o acesso à informação não é, desde logo, conhecimento. O conhecimento atinge-se através de um trabalho individual.

Dia da Mulher na Biblioteca Escolar da PMA


A Biblioteca Escolar comemorou o Dia da Mulher, no dia 8 de março, com diversas actividades e exposições documentais.
Em todas as turmas do 5º ano e em escolas do 1º CEB, foi lido pela professora bibliotecária o livro “O lápis mágico de Malala”. Esta ativista dos direitos da mulher e defensora do direito à igualdade no acesso à educação das raparigas em países que ainda hoje não respeitam essa premissa foi mote na nossa escola para a comemoração do Dia da Mulher. Nas turmas onde foi lida a história, os alunos tiveram conhecimento sobre a vida de Malala, sobre a suas origem paquistanesa, a sua luta e o agraciamento com o prémio nobel da paz, aos 17 anos.

Foram criados colares que as meninas da escola puseram ao pescoço, com uma imagem de Malala e um slogan “Eu sou Malala”.

Em toda a escola foram oferecidas flores em forma de pregadeira, para que professoras e assistentes pudessem usar (e sorrir” no dia que lhe é dedicado.

No Hall da escola, havia uma exposição com material diverso sobre a biografia de Malala.

Cientes de que a escola serve para formar cidadãos, sempre que consideramos oportuno, divulgamos pessoas e as suas ações, tendo em vista a emergência de um mundo melhor.

Atletismo - Alunos do AEFN nos primeiros lugares


Realizou-se em Lisboa, no Estádio 1º de maio, nos dias 11 e 12 de março a última fase de apuramento para os Jogos da Isf, que são o Campeonato Mundial do Desporto Escolar. 


Presentes quatro alunos dos grupos de atletismo do Agrupamento de Escolas Figueira Norte, que o representaram de modo superior. 

André Antunes esteve presente na prova de 1500m e classificou-se no 11º lugar. Bernardo Soares participou no lançamento do peso e classificou-se no 2º lugar. Carolina Fernandes participou no lançamento do peso e classificou-se em 1º lugar. Gonçalo Gonçalves participou na prova de 100m e classificou-se em 1º lugar. A Carolina e o Gonçalo com estes resultados lograram apurar-se para os campeonatos do Mundo do Desporto Escolar que se vai disputar na Croácia, representando Portugal. 

Lista em:

terça-feira, 12 de março de 2019

Projeto " Eu sou mais Bolos"


Eu gosto muito de cozinhar e ainda mais de fazer bolos.
Eu gostava de ser cozinheira.
Eu já fiz bolos e panquecas para os meninos e meninas na minha escola.
Na cozinha da escola, com uma pequena ajuda da professora, eu fiz salame de chocolate, bolo de laranja e panquecas de baunilha. Eu aprendi regras de higiene e segurança, a medir com o copo medidor e balança e a usar o fogão, forno e liquidificador.
Eu vou continuar a experimentar novas receitas.

Cristina Pimentel Figueiredo
Escola Básica de Quiaios – 4º ano


Visita de Estudo EB1 Quiaios e JI Cova ds Serpa

No dia 8 de março, os alunos da escola EB1 de Quiaios e a JI da Cova da Serpe foram com as professoras, educadoras e auxiliares visitar o Museu Marítimo de Ílhavo e o Museu do Brincar em Vagos.
Quando chegámos ao Museu Marítimo de Ílhavo fomos acompanhados pela monitora Inês que nos explicou factos curiosos sobre os pescadores e a pesca do bacalhau. Entretanto fomos ver um barco numa sala grande que era uma réplica de uma embarcação de pesca de bacalhau. Esse barco tinha pormenores muito engraçados como o leme, o sino do capitão, a casa de banho com papel higiénico de jornal e os beliches. No fim da visita a este museu, fomos ver um aquário com bacalhaus do Atlântico da espécie  Gadus  morhua, bacalhaus da Islândia e duas abróteas  dos  Açores .
O almoço foi no Santuário de Nossa Senhora de Vagos. De seguida entramos de novo cada um no seu autocarro onde brincámos, cantámos músicas e divertimo-nos.

A Joana foi a nossa monitora no Museu do Brincar em Vagos. Fizemos, ouvimos e vimos muitas coisas engraçadas neste museu. Numa sala fomos índios, noutra princesas e reis e noutra ainda havia espelhos por todo o lado. No museu havia uma Casa Vitoriana com objectos em miniatura, um corredor com serpentinas, um túnel cheio de bichos de brincar e uma sala de aula do tempo dos nossos avós. Aprendemos uma canção indiana que adorámos.
Quando chegamos à escola fomos para casa com os nossos pais. 
Gostamos muito da visita de estudo e queremos repetir.

Texto colaborativo dos alunos do 4º ano da EB1 de Quiaios
  

VII Concurso Concelhio de Leitura

Decorreu ontem, 11 de março de 2019, no Auditório Municipal, a final das provas do Concurso Concelhio de Leitura do 1ºCEB, organizadas pelo Município da Figueira da Foz, através da sua Biblioteca Municipal, em colaboração com o Grupo de Trabalho Concelhio para a rede de bibliotecas da Figueira da Foz. 
Os alunos finalistas foram selecionados na primeira fase do concurso realizada a nível de cada escola e prestaram provas escrita e oral, perante um Júri constituído por um representante da Autarquia, pela coordenadora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, por duas professoras bibliotecárias de escolas do concelho e por uma personalidade convidada. 

O AEFN conseguiu o terceiro lugar, representado por uma aluna do 4º ano da EB1 de Maiorca.


Projeto"My favourite meal" (Inglês -1º ciclo)

Food and drinks:
No âmbito da unidade que os alunos estão a trabalhar na disciplina de Inglês, as turmas do 4º ano das EB de : Alhadas, Maiorca, Brenha e Quiaios, desenvolveram o projeto : my favourite food, o que resultou em trabalhos bem originais.

segunda-feira, 11 de março de 2019


Geração Depositrão

Depois de no ano letivo passado a nossa escola ter suspendido, por motivos logísticos relacionados com as obras, a participação no Projeto Geração Depositrão, retomámos no corrente ano essa atividade.
O Projeto, fruto de uma parceria entre a ERP (Entidade Gestora de Resíduos) e a ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa) através do programa Eco-Escolas, visa sensibilizar a escola e a comunidade para a importância do encaminhamento correto de REEE (pequenos e grandes eletrodomésticos, equipamentos de informática, televisores/monitores, lâmpadas economizadoras e fluorescentes) e RP&A (resíduos de pilhas e acumuladores em fim de vida) para reciclagem, funcionando a escola como ponto de recolha dos mesmos, para posterior encaminhamento para tratamento, valorização e reciclagem. 



Para além da importância crescente da recolha e tratamento dos resíduos na sustentabilidade do planeta, a participação dá direito a prémios em função da quantidade recolhida. 

O ponto de recolha destes materiais está colocado no Pavilhão Polivalente, junto à entrada nascente. 
A partir de agora, todos podem colaborar, trazendo REEE. 


Vamos depositar! 

Vamos reciclar!! 






sábado, 9 de março de 2019

Dia das Mulheres

As Mulheres do AEFN foram celebradas neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Na Escola Cristina Torres, o ATL ofereceu um cesto de caixinhas de bolachas de laranja com sementes de papoila. A BE deixou poemas. Ao entardecer. numa iniciativa da Direção, com a colaboração da Associação de Estudantes e de um grupo de funcionárias, foi servido um lanche ajantarado, muito bem preparado, no salão polivalente, que terminou num excelente convívio em torno do karaoke e de danças bem animadas. Gerberas vermelhas foram distribuídas à saída, para que o dia de celebrar as mulheres se prolongue por todos os outros dias.
 





Publicação do momento

Sessão de sensibilização - “História da Cultura Cigana”